M. C. Pimentel et P. F. Alberto, Vir bonus peritissimus aeque. Homenagem a A. do Espírito Santo

Envoyer Imprimer

vir_bonus_peritissimusque_aeque.jpg

Maria Cristina Pimentel et Paulo Farmhouse Alberto (éd.), Vir bonus peritissimus aeque. Estudos de homenagem a Arnaldo do Espírito Santo, Lisbonne, 2013.

Éditeur : Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
1096 pages
ISBN : 978-972-9376-29-0
35 €

 

... Arnaldo do Espírito Santo é um uir bonus. Peritissimus, sim, e em igual medida, mas um perito que jamais pôs a carreira ou o prestígio pessoal – que nunca reclamou ou impôs – à frente da amizade leal para com os colegas e do cuidado e atenção constantes para com os alunos. Gerações e gerações de estudantes foram aprendendo a conhecer (e, por isso, a amar) as línguas clássicas pela mão e a orientação sábia de Arnaldo do Espírito Santo.
Maria Cristina Pimentel e Paulo Farmhouse Alberto


Índice

De amicitia loquamur
Maria Cristina Pimentel, Paulo F. Alberto

5
Tabula Gratulatoria

9
Curriculum uitae de Arnaldo Monteiro do Espírito Santo

25
Contribuições de Arnaldo do Espírito Santo para o estudo da História
José Mattoso

59
Secção I – Antiguidade Pré-clássica e Clássica


Em volta da Eneida
Maria Helena da Rocha Pereira

65
O sentido de Dike no poema Trabalhos e Dias de Hesíodo
Joaquim Pinheiro

75
Aríon e o golfinho. Notas sobre a construção de uma lenda
Cristina Abranches Guerreiro

85
O banho de Aquiles nas águas do Estige. Reflexão breve sobre a origem e fortuna de um tema clássico
Luísa de Nazaré Ferreira

93
Variações rítmicas no trímetro sofocliano: dos stiphe com palavras‑chave
Carlos Morais

103
Lirismo a metro ou nova estética euripidiana? As Odes Corais de Fenícias
Sofia Frade

111
As leis comuns dos Helenos nas Suplicantes de Eurípides
José Ribeiro Ferreira

123
Apolónio de Rodes 4.1-5: uma teia de sentidos
Ana Alexandra Alves de Sousa

133
O crime político das mulheres de Lemnos. De Apolónio de Rodes a Valério Flaco
Francisco Oliveira

143
Zeus nos Fenómenos de Arato: um deus democrata?
Fotini Hadjittofi

157
Utopia, paradoxografia e tradição literária nos Incredibilia de Thule Insula de António Diógenes
José Carlos Araújo

165
As jogadas de Sólon e a esperteza dos Atenienses: Plutarco e o uso irónico da teatralidade e das metáforas na Vita Solonis
Delfim F. Leão

175
O recém-nascido em Sorano de Éfeso
Cristina Santos Pinheiro

187
La "patria" romana
Carmen Codoñer

195
Oblitus fatorum: memória e esquecimento na Eneida
Virgínia Soares Pereira

203
Aspectos da construção da viagem na Eneida de Virgílio: fatum, conhecimento, incidente e obstáculo
Cláudia Teixeira

215
Herodes-o-Grande na Eneida? Nota a Verg. Aen. 8.642-645
Nuno Simões Rodrigues

221
Ercole, fra Antonio e Augusto (Prop. 4,9)
Paolo Fedeli

229
Tiempo mítico y espacio real en la poesía ovidiana del destierro
Carlos de Miguel Mora

239
Aliquid Magnum: a "épica" de Marcial
Ana Maria Lóio

247
Pertinenza della similitudine del Nilo con la siccità della Argolide. Intertestualità, paradossografia e scoliastica nel quarto libro della Tebaide di Stazio
Carlo Santini

255
A possibilidade da liberdade humana nos Anais de Tácito
António de Castro Caeiro

265
Epicharis quaedam
Maria Cristina Pimentel

275
O destino e a história nas Vidas dos Césares de Suetónio
José Luís Lopes Brandão

285
A ética religiosa e social na Assíria (I milénio a.C.)
Francisco Caramelo

297
O ocaso do Império Ateniense. A batalha por Siracusa 415-413 a.C.
José Varandas

301
As cerimónias de coroação real dos Ptolomeus. Formas de reconfiguração política num país multimilenar
José das Candeias Sales

307
Sobre a data da introdução do culto de Mitra em Roma
Paulo Sérgio Margarido Ferreira

317
Em torno da versão portuguesa dos etnónimos do Ocidente peninsular e do nome dos Zoelae em particular
Amilcar Guerra

329
Ptolomeu, Geogr. II 5, 6: ΧΡΗΤΙΝΑ ou *ΑΡΗΤΙΝΑ?
José Cardim Ribeiro

343
Algumas considerações sobre a onomástica romana na região de Olisipo: os Fabricii
Maria Manuela Alves Dias
Catarina Gaspar

381
Escavando entre papéis: sobre a descoberta, primeiros desaterros e destino das ruínas do teatro romano de Lisboa
Carlos Fabião

389
Secção II – Antiguidade Tardia e Idade Média


How to read (and even understand) Cetius Faventinus VI, 4
David Paniagua

413
Los De (sancta) Trinitate de Isidoro de Sevilla
María Adelaida Andrés Sanz

419
O poema astronómico do Rei Sisebuto
Paulo F. Alberto

427
Barbarismus y soloecismus en el Liber Glossarum
José Carracedo Fraga

437
Apostilla a la composición del códice Paris, BnF, latin 11219
Manuel E. Vázquez Buján

447
O legado de Constantino na identidade da Europa cristã: dois casos de estudo
Paula Barata Dias

455
Observaciones iconográficas y filológicas al sarcófago paleocristiano (c. V) de Écija (Antigua Astigi, Sevilla)
Ángel Urbán

465
Passio de São Sebastião: o poder do discurso martirológico
Maria João Toscano Rico

481
Existiram Suevos entre os reis Remismundo e Teodomiro?
Rodrigo Furtado

491
El culto a San Benito en Galicia
Manuela Domínguez

507
O culto de S. Tomás de Cantuária em Portugal: um manuscrito de Lorvão como testemunho e outros indícios
Aires A. Nascimento

517
Secção III – Do Renascimento ao Século XVIII


Cuidado da alma e poética da solidão em Francisco Petrarca
Leonel Ribeiro dos Santo

537
D. Duarte, a prudência e a sabedoria
† Teresa Amado

551
Isaac Abravanel vulto da cultura luso-judaica quatrocentista
Saul António Gomes

557
Consonância e Proporção na Arte de Edificar: do Mundo Antigo ao Mundo Moderno
† Vítor Manuel Ferreira Morgado

563
Séneca Revisitado: A Tragédia Quinhentista
Nair de Nazaré Castro Soares

575
Uma carta de Jacques Peletier a Pedro Nunes
Bernardo Mota
Henrique Leitão

589
Marcelo Virgílio e Amato Lusitano: a utilização do saber alheio para a lenta construção de um saber próprio (breves indicações)
João Manuel Nunes Torrão

601
Fernando Oliveira e Louis Meigret: humanistas, gramáticos e tradutores de Columela
António Manuel Lopes Andrade

611
Plus ultra e Sphera Mundi. A propósito do termo imperium em Damião de Góis. Para uma abordagem contrastiva dos humanismos peninsulares
Ana María Sánchez Tarrío

619
Fernão Mendes Irmão Noviço
Luís Filipe Barreto

631
Loca multum ante descripta. Sobre um passo da Menina e moça
Rita Marnoto

653
El influjo de Juan Luis Vives en Juan Lorenzo Palmireno: ¿Codex Exceptorius o Codex Excerptorius?
José María Maestre Maestre

661
Un caso peculiar de recepción de la obra de Jerónimo
M.ª Elisa Lage Cotos
José Manuel Díaz de Bustamante

683
Percurso histórico do códice seiscentista do Livro que fala da boa vida...
António Manuel Ribeiro Rebelo

699
Luís da Cruz no elogio da Rainha Santa: em defesa de Roma, contra os ventos da Reforma
Manuel José de Sousa Barbosa

707
Mores qualitas fabulae. Acerca de la función de los caracteres trágicos en la Poética de J.C. Escalígero
María Nieves Muñoz Martín
José A. Sánchez Marín

717
A Expressão das Relações de Poder no Prólogo da Écloga Gérion de Lucas Pereira
José Sílvio Moreira Fernandes

727
Vis & vis viva
Ricardo Lopes Coelho

735
Camões e Vieira, na senda de Ovídio
Carlos Ascenso André

745
Censura de alguns sermões no processo inquisitorial de Vieira
Maria Lucília Gonçalves Pires

755
"As leis da boa e verdadeira retórica"
Isabel Almeida

761
O Sermão do Padre António Vieira sobre Santo Agostinho (Lisboa, 1648), com um aceno a Daniel Faria
Mário Garcia, sj

769
Vieira, consciência crítica da Monarquia Restaurada
José Nunes Carreira

777
Narratividade mítica da História segundo a epistemologia apocalíptica
José Augusto Ramos

787
Alexandre Magno no imaginário futurista do Padre António Vieira
Abel Pena

795
Roma, 1641: Uma Síntese Argumentativa da Restauração
André Simões

805
Um "curioso de mãos": Tomás Pereira, artífice na Corte de Kangxi (1673-1708)
Cristina Costa Gomes
Isabel Murta Pina

817
Sobre o ensino dos Jesuítas e o caminho para a descoberta das ciências
Margarida Madureira

825
Os jesuítas no Japão, precursores do mundo global
Carlota Miranda Urbano

835
Função e intenção na correspondência enviada pela Rainha D. Mariana Vitória (1718-1781) a seus pais e a seu irmão D. Fernando
Vanda Anastácio

843
Secção IV – Do Século XIX aos Nossos Dias


O Discurso historico e critico..., de D. Francisco Alexandre Lobo: um olhar diferente sobre a vida e a obra de Vieira
Ana Paula Banza

859
Vieira, Pascoaes e o Quinto Império
Manuel Cândido Pimentel

869
Partes da 1.ª representação de Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett
João Dionísio

877
Literatura: uma escola da vida
Maria do Céu Fraga

887
Vinte horas de leitura: como se fazem romances?
Helena Carvalhão Buescu

893
A música dos versos – Litanias finisseculares e contemporâneas
Paula Morão

901
Pedro e Inês sob o signo do burlesco
Manuel Ferro

915
A sedução impressionista de Walter Pater
Teresa de Ataíde Malafaia

933
Coimbra. O mito da juventude no imaginário de Vergílio Ferreira
Maria do Céu Fialho

939
Filoctetes no Atlántico. Comentarios a The Cure at Troy, de Seamus Heaney
Helena de Carlos

949
O ponto de vista lutuoso em literatura. O caso de Necrophilia, de Jaime Rocha
Manuel Frias Martins

957
A Vida Moderna de um Conceito Antigo: Democracia em Portugal no Século XIX
Rui Ramos

965
"Meninas prendadas" e "fêmeas ambiciosas":Portugal, Cajal e o papel da mulher na investigação biológica na primeira metade do século XX
José Pedro Sousa Dias

989
O que falta ao mundo de hoje, Humanismo ou Teocracia?
Raul Miguel Rosado Fernandes

1009
O tempo do desejo
Manuel J. Carmo Ferreira

1017
Ideologia, idiologia. Uma nótula cursiva
José Barata-Moura

1023
À Mesa da Vida. Comunidade e comensalidade em Michel Henry
José Maria Silva Rosa

1035
Novamente a(s) Literatura(s), a(s)Arte(s) e a(s) Ciência(s). Apontamentos para um Projecto de Estudo Comparativo
Alcinda Pinheiro de Sousa

1047
A língua portuguesa e o relativismo linguístico
Inês Duarte

1051
Análise Crítica do Discurso: dimensões teóricas e metodológicas
Carlos A. M. Gouveia

1059
Português para Fins Académicos: o que conta na produção do significado?
António Avelar

1073
Meminimus quae placidum nobis paruis Arnaldum dictae ou como o latim se tornou clarinho
Ana Filipa Isidoro da Silva
Ricardo Nobre

 

 

Source : Université de Lisbonne

 

Inscription à la lettre d'informations



Recevoir du HTML ?

Identification